Marco Tebaldi, prefeito de Joinville em 2004, ainda garante que o projeto original da Arena Joinville, projetada para 30 mil lugares, pode ser executado. O Deputado, no entanto, não deixou esclarecida a situação sobre a divisão das obras no espaço. “O estádio era para ser construído em duas etapas e nós fizemos em três. O problema é que depois que fizemos a segunda parte, vimos que o segundo anel teria apenas sete mil lugares, ficaria feio”, falou em entrevista à 89 FM.

Mesmo com a declaração contraditória, Tebaldi garante que a segunda parte da Arena Joinville estava no projeto original do estádio, diferente do que alegam as administrações de PT e PMDB que passaram pela Prefeitura de Joinville. “Está tudo documentado. Quem não achou os registros, não procurou direito”, disse.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0