O Joinville anunciou nesta segunda-feira, dia 13, a contratação do primeiro reforço para 2018: o volante Michel Schmöller, de 30 anos, com vínculo válido até o final da próxima Série C.

Revelado pelo Figueirense, Schmöller acumula passagens por clubes como Remo, ABC e Brasiliense. Nesta temporada, o jogador disputou o Campeonato Catarinense pelo Inter de Lages e a Série C pelo CSA.

Minha primeira pergunta para o  (Carlos) Kila foi se a gente teria um time competitivo. A resposta foi sim, então estou indo para o JEC para conseguir de novo o título estadual e depois pensar no acesso pelo Brasileiro, pois o JEC merece estar em uma Série melhor. – Michel Schmöller

O novo volante esteve próximo de um acerto com o Tricolor no início desta temporada. Na ocasião, no entanto, o JEC acabou avançando a negociação com Renan Teixeira e o acordo com Michel ficou pelo caminho.

 

Michel Schmöller é o primeiro dos sete reforços que serão contratados pelo Joinville para o próximo Campeonato Catarinense. Além do volante, o clube também mira dois zagueiros, dois laterais e dois extremas.

  • Saída pelos fundos do Colorado

Michel Schmöller disputou dois campeonatos estaduais pelo Inter de Lages e, por diversas oportunidades, ganhou destaque com a equipe Colorada. Na opinião do radialista Vantuir Rech, da Rádio Clube FM, a passagem do defensor foi definida por dois momentos.

No primeiro ano ele foi muito bem, um agregador de grupo. Um ótimo jogador.  Porém, quando ele voltou do empréstimo, havia informação que ele era um desagregador e esse foi um dos motivos para o clube não querer a renovação do contrato dele.

No término do estadual, o Internacional dispensou ele e mais outros cinco jogadores que tinham o contrato até o final do ano. Não sei se ele estava com confiança demais, mas no segundo ano ele foi muito desagregador com todo elenco. – Vantuir Rech

Share on Facebook96Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0