Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 2)

Categoria: JEC

É preciso elogiar

O gol de empate do Joinville contra o Tupi expôs algumas características positivas da equipe comandada por Fabinho Santos. Abaixo, o blog faz a leitura de três momentos dentro da mesma jogada, concretizada com a boa finalização do atacante Bruno Rodrigues.

  • Transição ofensiva – Quando o JEC pega a bola, os dois laterais sobem e jogam como alas, auxiliando o sistema ofensivo. Renan Teixeira – mesmo participando da jogada – permanece no momento defensivo, assim como os dois zagueiros. É basicamente um 3-4-3 com muita movimentação na última linha.
  • Possibilidades para triangulações – Pelo meio, a bola gira entre Buiú, Renan, Breno e Gustavo. Em todas as passadas existem momentos para triangulações, fortalecendo a criação e o jogo apoiado do Joinville.
  • Jogo entrelinhas – O Tupi também tem seus méritos. No momento defensivo, os 10 jogadores mineiros se defenderam em um campo de – no máximo – 30 metros. O JEC, porém, novamente mostrou o padrão. Antecipando o pensamento do adversário, os jogadores do Joinville encontraram espaço entre as linhas e criaram a oportunidade ofensiva ao Tricolor.
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

Mais

Muita pegada, pouco futebol

A74A3E5A-59EF-483D-A766-5C9719718D89

Os reservas do Joinville venceram o Fluminense do Itaum por 2 a 1, em jogo-treino disputado nesta segunda-feira, dia 29, no CT. Os gols foram anotados por Bruno Rodrigues e Alisson.

A atividade foi dividida em dois tempos de 45 minutos. O Fluminense, em reta final da preparação para o início da segundona, mostrou muita pegada, mesmo sem a compensação técnica.

Já o Joinville teve um leve destaque com Lazio, Patrick e Ricardo Lobo, novamente com boa flutuação e obediência tática. Rafael Grampola, a principal contratação para a Série C, mostrou que ainda está sem ritmo.

  • Time do primeiro tempo (vitória por 1 a 0): Jhonatan; Léo, Lázio, Alisson e Madson; Roberto; Bruno Rodrigues, Aldair e Patrick; Rafael Grampola e Ricardo Lobo.
  • Time do segundo tempo (empate em 1 a 1): Jhonatan; Júnior Sutil, Lázio, Alisson e Madson; Kadu; Bruno Kairon, Chaveirinho e Patrick; Marlyson Rafael Thierry.
Mais

Sem sorte

Foto: Beto Lima/ JEC.com.br
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

*Com Gustavo Mejia

As equipes de base do Joinville, sub-15 e sub-17, entraram em campo nesta segunda-feira, dia 29, pelo catarinense, e foram derrotados pelo Avaí nas duas categorias. Os jogos aconteceram no CT do Morro do Meio.

O sub-15 perdeu por 1 a 0, já o sub-17 sofreu a virada por 2 a 1. No sábado, o sub-20 entrou em campo pela Copa SC e ficou no 0 a 0 com o Tubarão.

O infantil (15) ocupa a sétima colocação no estadual, já o juvenil (17) é o sexto colocado. Na categoria junior (20), o Tricolor ainda é o líder isolado na Copinha.

Mais

Tricolores

Foto: Beto Lima/ JEC.com.br
Foto: Beto Lima/ JEC.com.br

Os reservas do Joinville vão enfrentar o Fluminense, que disputará a segunda divisão do Estadual, hoje à tarde, às 15h30, em jogo-treino no CT. Contratados como Alisson, Lázio, Chaveirinho, Patrick e Rafael Grampola serão testados na atividade.

Mais

20 convocados

Foto: JEC.com.br
Foto: JEC.com.br

Sem Rafael Grampola – ainda fora das condições físicas ideais, mas com Marlyson. A lista dos jogadores relacionados pelo Joinville para o duelo contra o Tupi apresenta algumas novidades. Chaveirinho, Ricardo Lobo e Alisson, recentemente contratados, também estão aptos para o jogo.

  • Goleiros: Matheus e Jhonatan;
  • Laterais: Marcos Buiú, Léo e Gustavo;
  • Zagueiros: Henrique Mattos, Danrlei e Alisson;
  • Volantes: Júnior Sutil, Roberto e Renan Teixeira;
  • Meias: Aldair, Breno, Eliomar e Lúcio Flávio;
  • Atacantes: Bruno Rodrigues, Ricardo Lobo, Thiago Alagoano, Marlyson e Chaveirinho.

 

Mais

Na raça

IMG_5460

O jogo entre Joinville e Tupi está confirmado para hoje à noite, conforme tabela da CBF.

A Prefeitura de Joinville realizou os testes em dois geradores na manhã desta sexta-feira, dia 26, e garantiu a utilização dos equipamentos para o duelo da Série C. Um gerador será de 500 kVA e outro de 300 kVA.

Agora, às 10 horas, a Arena será bloqueada para que todos os testes e instalações sejam feitas no local. O prédio deve ser liberado até às 12h30.

  • Corrida contra o tempo

A CBF, por via da FCF, exigiu um laudo técnico, assinado por um engenheiro, garantindo a realização da partida. JEC e Prefeitura, unidos, buscaram uma alternativa e devem emitir o laudo até às 10 horas.

Paralelo ao aluguel do gerador, a Prefeitura está realizando a troca de todos os cabos de energia que alimentam a Arena. Após 13 anos da inauguração do estádio, é a primeira vez que o procedimento será realizado.

Mais

Primeira parte

A Prefeitura de Joinville alugou um gerador de energia para o jogo entre JEC e Tupi. O equipamento será instalado amanhã, às 6h, segundo o secretário Marco Aurelio Braga.

A instalação do gerador, no entanto, ainda não garante a realização da partida. A confirmação só poderá ser feita após os testes iniciais no início da manhã.

Mais

Força-tarefa

Foto: Fronzi Press
Foto: Fronzi Press

Jony Stassun ligou para Udo Döhler. No papo com o Prefeito, o Presidente do JEC pediu um auxílio para a resolução do caso envolvendo a iluminação da Arena Joinville. 

O aluguel de um gerador custará, pelo menos, R$ 20 mil, valor que o JEC não tem condição de bancar.

Fábio Nogueira, diretor de competições da FCF, solicitou um laudo técnico até às 10 horas desta sexta-feira. No documento o JEC informará sobre a condição do estádio.

O clube ainda não confirma, mas trabalha com a possibilidade de adiar o jogo contra o Tupi para a manhã de sábado. Sem iluminação nas torres, um gerador básico – com custo menor – serviria para as questões básicas exigidas pela CBF.

Mais

Dramas reais

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O prejuízo é maior do que parece.

Após a queima do primeiro transformador (leia aqui), a Secretaria de Esportes realizou a instalação da segunda peça e, infelizmente, ela também queimou. Deste modo, sem outras opções imediatas, a Celesc solicitou um prazo de 15 dias para o conserto do local.

O JEC, porém, precisa utilizar a iluminação do estádio no duelo contra o Tupi, amanhã. A única alternativa válida até o momento é o aluguel de um gerador para alimentar as luzes do estádio durante o jogo da Série C.

Essa alternativa, entretanto, custa dinheiro…

Marco Aurélio Braga, Secretário de Comunicação, garante que a Prefeitura está tentando, junto com o JEC, viabilizar o aluguel do transformador para o jogo. Em paralelo, a Secretaria de Esportes está iniciando os procedimentos para a compra de um novo transformador que atenda a demanda nos outros jogos.

O JEC, porém, alertou que não possui condições financeiras para se comprometer com valores, mas que está disposto a alinhar parcerias visto a urgência do caso.

Novas informações em breve.

Mais