Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 2)

Categoria: Arena Joinville

Último capítulo?

Fotos: Divulgação/ PMJ

Uma reunião nesta tarde, em Florianópolis, parece ter encerrado a novela envolvendo as questões de segurança para a Arena Joinville. O encontro na sede da PMSC definiu que serão necessários apenas os 30 seguranças contratados em jogos oficiais no estádio, desde que a grade de proteção seja colocada no novo local, conforme o projeto.

Na próxima semana, segundo o Coronel Paulo Henrique Hemm, o tenente-coronel Sandro Cardoso, presidente da comissão de vistoriais nos estádios, estará em São Paulo, buscando informações sobre as práticas utilizadas nos grandes estádios. Participaram do encontro o Deputado Estadual Darci de Mattos e Osni Fontan, superintendente administrativo do JEC

Mais

Inconcebível

Foto: Fronzi Press

O impasse no relacionamento entre a Polícia Militar e a Prefeitura de Joinville está causando problemas na utilização da Arena. Na próxima terça-feira, dia 3, o Fluminense irá estrear na Série B Estadual, contra o Hercilio Luz, às 15 horas, com portões fechados.

Segundo Anelisio Machado, presidente da equipe Tricolor, é completamente inviável contratar um segurança para cada dois metros de arquibancada. Isso ocasionaria um novo custo de R$20 mil no serviço do jogo.

  • Estão querendo aparecer 

A situação também envolve o Joinville, que se mostrou contrário à alternativa imposta pela PMSC. Até amanhã, dirigentes do clube estão tentando reaver a posição da PM para evitar uma nova interdição da Arena.

Para o jogo contra o Bragantino, dia 2, a logística está confirmada. Porém, em caso ausência do número de seguranças exigido, a PM pode interditar o estádio para o duelo contra o Ypiranga.

Mais

Esquentou

Foto: Fronzi Press

A reviravolta no acordo entre Atlético-PR e Coritiba nesta sexta-feira, dia 24, colocou a Arena Joinville em pauta mais uma vez. Isto porque o estádio joinvilense se tornou a principal alternativa do Furacão para o jogo contra o Santos, dia 5, pela Taça Libertadores da América.

Desde a ultima semana, o Prefeitura de Joinville já havia colocado a Arena à disposição para o duelo, visto a impossibilidade da realização no campo do clube alvinegro.

Ontem, o secretário de esportes, Douglas Strellow, entrou em contato com Mauro Holzmann, diretor de marketing e comunicação do Atlético, reiterando o interesse da Manchester catarinense.

O prazo estipulado pela Conmebol para definição do mando de campo vai até às 18 horas de hoje. Ou seja, a decisão pode ser tomada nos próximos minutos.

Antes da Arena Joinville, o Atletico-PR também procurou – além do CoritibaParaná e Londrina visando a utilização dos seus estádios. Por problemas estruturais com os equipamentos, entretanto, as negociações não evoluíram.

Mais

De cara nova

Duas semanas após o plantio da grama de inverno, o gramado da Arena Joinville já está com um novo padrão. A tendência, segundo Renildo Steinbach, é que a situação esteja ainda melhor para o duelo contra o Bragantino, daqui duas semanas.

Mais

Luz na Arena

Foto: Divulgação

Visando restabelecer a energia elétrica na Arena Joinvile, a Prefeitura obteve um gerador de 300 kVA emprestado da Celesc. A instalação foi feita nesta sexta-feira, dia 2, e servirá para alimentação do prédio principal. Para o acendimento das torres de iluminação, entretanto, será necessário um outro gerador.

Com a alternativa, a Secretaria de Esportes voltará à atividade normal – dentro da Arena – na segunda-feira, dia 5. Vale frisar que a instalação das cadeiras no estádio não foi afetada pela falta de energia, visto um gerador próprio do Consórcio Módulos Engenharia.

Mais

Na raça

O jogo entre Joinville e Tupi está confirmado para hoje à noite, conforme tabela da CBF.

A Prefeitura de Joinville realizou os testes em dois geradores na manhã desta sexta-feira, dia 26, e garantiu a utilização dos equipamentos para o duelo da Série C. Um gerador será de 500 kVA e outro de 300 kVA.

Agora, às 10 horas, a Arena será bloqueada para que todos os testes e instalações sejam feitas no local. O prédio deve ser liberado até às 12h30.

  • Corrida contra o tempo

A CBF, por via da FCF, exigiu um laudo técnico, assinado por um engenheiro, garantindo a realização da partida. JEC e Prefeitura, unidos, buscaram uma alternativa e devem emitir o laudo até às 10 horas.

Paralelo ao aluguel do gerador, a Prefeitura está realizando a troca de todos os cabos de energia que alimentam a Arena. Após 13 anos da inauguração do estádio, é a primeira vez que o procedimento será realizado.

Mais

Força-tarefa

Foto: Fronzi Press

Jony Stassun ligou para Udo Döhler. No papo com o Prefeito, o Presidente do JEC pediu um auxílio para a resolução do caso envolvendo a iluminação da Arena Joinville. 

O aluguel de um gerador custará, pelo menos, R$ 20 mil, valor que o JEC não tem condição de bancar.

Fábio Nogueira, diretor de competições da FCF, solicitou um laudo técnico até às 10 horas desta sexta-feira. No documento o JEC informará sobre a condição do estádio.

O clube ainda não confirma, mas trabalha com a possibilidade de adiar o jogo contra o Tupi para a manhã de sábado. Sem iluminação nas torres, um gerador básico – com custo menor – serviria para as questões básicas exigidas pela CBF.

Mais

Blackout

Foto: Divulgação

A Arena Joinville esteve sem luz nesta quinta-feira, dia 25. Após a explosão do transformador principal que abastece o estádio, técnicos da Celesc estiveram na sala de energia buscando encontrar o local originário do curto-circuito.

A suspeita que é a origem do problema esteja nas torres que abastecem a iluminação.

Segundo Amarildo João, gerente de patrimônio da Secretaria de Esportes, haverá a troca do transformador queimado por um modelo que estava em espera. Na opinião do dirigente, não existe risco de falta de iluminação para o duelo contra o Tupi.

Mais

Encolheu

Foto: JEC.com.br

* Com Anderson Miranda

Desde a inauguração da Arena Joinville, em 2004, a pior média de público do JEC no estádio é a da atual temporada. São exatos 2.580 torcedores de média, após os 13 primeiros jogos em casa, contabilizando Primeira Liga, Campeonato Estadual e Copa do Brasil.

No período, 2014 contabilizou a melhor proporção com cerca de 9.437 torcedores por jogo. Anteriormente, a média mais baixa era de 2007, quando os números ficaram em 3.779 torcedores por jogo.

media publico

Vale lembrar que, em 2017, o JEC ainda terá – pelo menos – mais 15 jogos em casa, contabilizando Série C e Copa Santa Catarina. Os números poderão melhorar ou piorar conforme o desempenho em campo.

Mais

Vejam só

Foto: Divulgação

Até a metade de maio devem ser iniciadas as obras para as instalações preventivas de incêndio na Arena Joinville. A ordem de serviço com a CRC Engenharia foi assinada nesta quarta-feira, dia 26, totalizando o investimento de  R$1.346.842,77.

Entre as melhorias previstas estão adequações das luzes de emergência, melhorias de acesso nas escadas na face Sul, central de alarme de incêndio e rota de fuga. Com isso, enfim, o estádio conseguirá o alvará de funcionamento. As obras não irão prejudicar a realização dos jogos.

Mais